A tecnologia fortalece o desenvolvimento da manutenção preditiva

Posted on Posted in Artigos

Cada vez mais, empresas utilizam recursos tecnológicos para melhorar seu desempenho e o monitoramento de máquinas e equipamentos.

As novas tecnologias disponíveis para a indústria estão sendo muito bem aproveitadas, principalmente na área de manutenção preditiva. Cada vez mais, empresas estão usando os avanços tecnológicos para melhorarem suas operações.
A evolução dos sistemas de manutenção preditiva, alavancada principalmente pela tecnologia IoT (internet das coisas) e pelo armazenamento de dados e arquivos em nuvem, oferece como resultado a redução de custos e a análise de dados em tempo real.

A tecnologia vem fortalecendo a manutenção preditiva

Por isso, as estratégias de manutenção preditiva estão cada vez mais baseadas em algoritmos de análise que conseguem prever futuras falhas nas máquinas com maior antecedência.

Com a chegada da IoT e das outras tecnologias implementadas nos processos de manutenção preditiva, as empresas já conseguem ter entre 25 e 30% mais eficiência em suas operações.

As tecnologias mais usadas nesse setor envolvem diretamente monitoramento, automação industrial, conectividade, armazenamento, plataformas digitais, além de dados que ajudam a analisar toda a estrutura empresarial com mais eficácia.

Multinacionais investem em tecnologia para manutenção preditiva

Empresas multinacionais investem neste segmento de manutenção preditiva por conta da facilidade oferecida pela tecnologia disponível hoje.

A IBM, por exemplo, investiu recentemente na aplicação de um mecanismo de inteligência cognitiva, o IBM Watson, que monitora, analisa e gera relatórios sobre os dados dos seus equipamentos.

A tecnologia usada para desenvolver a manutenção preditiva também chegou ao software alemão SAP, que implementou uma solução preditiva para facilitar os primeiros passos dos novos gestores através da tecnologia IoT. A empresa investiu nesse tipo de tecnologia com o objetivo principal de produzir sistemas que possam definir as melhores estratégias para a companhia em grande escala.

A Siemens, empresa de automação industrial, é uma das principais empresas de equipamentos para fábricas e indústrias. A implementação da manutenção preditiva junto à tecnologia fez com que a empresa elaborasse uma nova base de algoritmos, a qual foi usada pela companhia Deutsche Bahn para monitorar uma frota de trens na Alemanha durante 12 meses.

Outra gigante do mercado que usou a tecnologia para melhorar sistemas de manutenção preditiva foi a Microsoft. Com uma plataforma de nuvem pública chamada Azure, a companhia oferece a possibilidade de novos funcionários aprenderem mais rápido por meio de mecanismos intuitivos de análise de manutenção preditiva e monitoramento remoto.

Quais são as vantagens tecnológicas?

As empresas voltadas para o setor de tecnologia podem optar pela manutenção preditiva para evitar falhas que podem custar caro aos cofres de qualquer companhia.

Algumas das vantagens que a manutenção preditiva oferece a essas organizações tecnológicas são:

  • Monitoramento e diagnóstico de equipamentos;
  • Programação de manutenção e reparo de máquinas e equipamentos;
  • Engenharia de sistemas robustos.

O monitoramento e o diagnóstico de equipamentos estão ganhando cada vez mais sensores que garantem o bom estado do maquinário. Esses sensores podem fornecer dados assertivos sobre temperatura, níveis e pressões dos fluidos, velocidade do motor, freios, rotações, desempenho e horas de operação.

Ao investirem em manutenção preditiva, as indústrias conseguem, por exemplo, realizar análises sobre vibração, óleo, termografia, dentre outras variações comuns aos maquinários.

A manutenção preditiva aliada à tecnologia também pode evitar que os equipamentos sejam utilizados até o momento em que falharem. Porém, é preciso ter um plano específico para evitar esses riscos e isso torna necessário um investimento em monitoramento dos sinais vitais das máquinas.

A importância da tecnologia para a minimização de riscos é baseada na obtenção de dados de tendências que garantem maior segurança.

A indústria já se beneficia da tecnologia

Na indústria, o uso da manutenção preditiva junto à tecnologia é também denominada internet industrial. Aos poucos, ela começa a fazer parte do sistema de empresas de todos os portes, gerando principalmente economia e maior competitividade em processos industriais.A internet industrial nada mais é do que a conexão entre equipamentos inteligentes capazes de monitorar processos e cruzá-los com informações valiosas.

De acordo com uma pesquisa feita pela empresa britânica Gartner, até 2020 mais de 20 bilhões de máquinas e equipamentos estarão conectados via IoT (internet das coisas) ou internet industrial.

Hoje, são pouco mais de 6 bilhões de equipamentos interligados por essas tecnologias em todo o planeta, e isso significa que centenas de empresas já conseguem antever possíveis problemas antes mesmo que eles deem seus primeiros sinais.

Neste cenário, a tendência é que as empresas de médio e grande porte comecem, aos poucos, a substituir sistemas simples de gerenciamento de manutenção preditiva por módulos mais complexos e robustos. Dessa maneira, as operações terão dados cada vez mais detalhados sobre as possibilidades e os procedimentos que a empresa precisa conhecer.

Vale lembrar que a tecnologia inserida na área de manutenção preditiva envolve sistemas de última geração, assim como novas metodologias criadas para cada segmento.

Saiba mais sobre o iMachine, um produto Techplus.
Leia mais artigos sobre manutenção preditiva no blog do iMachine.
ou acompanhe nossos artigos através de nossa área de Notícias.